Como Fazer Procuração para Idoso Incapaz

Sumário

Você já se perguntou como fazer a procuração de um idoso incapaz? Leia o artigo que a MGF irá explicar.

Um idoso incapaz é um idoso que não está mais lúcido. É importante informar que o idoso apenas será considerado oficialmente incapaz após uma ação de interdição (CLIQUE PARA LER MAIS).

No entanto, quando ele já não está mais lúcido, é o suficiente para que o cartório se recuse a fazer uma procuração no nome dele. E ai, o que fazer nesses casos?

E o Cartório Pode se Recusar Mesmo? – Procuração para Idoso Incapaz

Primeiramente, sim, o cartório pode se recusar a fazer uma procuração.

Isso ocorre, pois uma pessoa que não se encontra lúcida NÃO PODE ASSINAR DOCUMENTOS. Por não se encontrar lúcida, ela não tem capacidade de entender as consequências de suas ações, e, portanto, ela está impedida de dar poderes a outra pessoa.

Afinal, o cartório não sabe, e nem é trabalho dele, checar se você está bem-intencionado ao pedir por essa procuração desse idoso.

E o que Fazer nesses Casos?

Se o idoso já não se encontra mais lúcido e você precisa representá-lo, não existe saída, senão entrar com ação de curatela ou interdição.

Assim, essa ação vai servir para tornar o idoso oficial e publicamente incapaz, e fixar um representante oficial para ele. Ela é muito importante em casos de Alzheimer e demência.

Dessa forma, a ação de curatela é uma ação tranquila e rápida quando o idoso já possui o diagnóstico com laudo médico e código da doença.

Quando o idoso não possui diagnóstico ou laudo, será necessário provas dentro do processo a suposta ausência de lucidez e necessidade de representante a ele.

A MGF Advogados já realizou e postou um artigo completa sobre essa ação. CLIQUE AQUI PARA LER SOBRE A AÇÃO JUDICIAL.

Depoimentos

Confira o que nossos clientes dizem sobre nós.

Excelente
Com base em 157 avaliações
Deborah
Deborah
19/06/2024
Primeiro atendimento,muito humano e acolhedor! Realmente, o atendimento é personalizado e rápido.
Neli Albertina Ferreira Floriano
Neli Albertina Ferreira Floriano
31/05/2024
Ótima, excelente atendimento.
Eduardo Pereira
Eduardo Pereira
30/05/2024
Primeiramente agradecer vocês pelo excelente trabalho.. que vocês são bem atenciosos.. dizer também que o nosso processo era bem difícil com a experiência de vocês a dedicação de vocês nós conseguimos um ótimo resultado a favor.... Que Deus abençoe vocês sempre
Iara Correa
Iara Correa
29/05/2024
Excelente perguntas objetivas e precisas
Bruna Ilibio
Bruna Ilibio
28/05/2024
Muito eficiente super recomendo atenção, dedicação foco
Maria Dalva
Maria Dalva
22/05/2024
Estou sendo atendida de uma maneira inexplicável,com carinho e atenção.. parabéns 🙏

Quem somos

Advogada Daiane sentada em uma poltrona, se encontra sorrindo com seu braço esquerdo sobre o ombro direito e pernas cruzadas.

Daiane Tomé Furlanetto

Sócia-Advogada. Possui 7 anos de experiência na prática jurídica e é membro da comissão de direito dos Idosos da Subseção da OAB de Criciúma/SC

 
 
 
 
Advogada Beatriz Meller Garcia, com cabelos de médio comprimento, se encontra sorrindo, sentada em uma poltrona, vestindo uma blusa com um blaser branco por cima.

Beatriz Meller Garcia

Sócia-Advogada. Possui 7 anos de experiência na prática jurídica e é membro da comissão de direito dos Idosos da Subseção da OAB de Criciúma/SC

Deixe seu comentário:

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.